Maximilian Günther | Formula E

Junte-se à Fórmula E

Entre ou crie sua conta Fórmula E

É rápido, fácil e grátis para se inscrever

Você terá acesso a:

  • Helmet

    Notícias. Análise. Recursos exclusivos

  • Schedule

    Reserva Prioritária. Preços antecipados

  • Trophy

    Competições. Descontos. Experiências

  • Podium

    Prever. Voto. Ganhar

Maximilian Günther
  • Data de nascimento
    02/07/1997
  • Age
    27
  • Nationality
    Germany
  • Corrida de estreia
    2018 Saudia Ad Diriyah E-Prix

Vindo de uma temporada na Fórmula 2 pela BWT Arden, Guenther fez sua estreia na Fórmula E pela Dragon depois de atuar como piloto reserva da equipe na temporada 2017/18. Antes de participar do campeonato como titular um ano depois pela BMW i Andretti Motorsport, o alemão fez o teste de pilotos estreantes da Fórmula E em Marrakesh, em 2018.

Nascido em Oberstdorf em 1997, Guenther começou sua carreira no automobilismo no kart aos 10 anos. Três anos depois, o alemão tinha alcançado o mundo dos fórmulas em 2011, na Formula BMW Talent Cup. Em 2013, Guenther disputou o ADAC Formel Masters pela ADAC Berlin-Brandenburg e.V., terminando a temporada em segundo lugar.

Guenther fez sua estreia na temporada 2015 da Fórmula 3 europeia pela Mucke Motorsport antes de ser contratado pela Prema Powerteam em 2016 e 2017. Em 2017, ele terminou em um respeitável quinto lugar no lendário Grande Prêmio de Macau, antes de chegar à Fórmula 2 em 2018, sendo contratado pela BWT Arden.

Depois de ser piloto reserva e de testes da equipe, Guenther disputou 10 E-Prixs pela Dragon durante sua campanha de estreia em 2018/19, terminando em 17° no campeonato de pilotos e impressionando com duas participações na Super Pole.

A BMW i Andretti Motorsport contratou o jovem bávaro como piloto titular na temporada 6, e ele superou o então companheiro de equipe Alexander Sims no campeonato de pilotos, terminando em nono, com vitórias em Santiago e na etapa 8 em Tempelhof. As quatro provas sem terminar do alemão – o que inclui a perda de um pódio em Berlim por ultrapassar sob safety car – acabaram atrapalhando sua posição final de classificação, mas suas performances impressionantes garantiram uma segunda temporada pela equipe da montadora BMW na temporada 7 – a primeira da Fórmula E como FIA World Championship.

Na temporada 8, o jovem alemão seguiu para a Nissan e.dams, ao lado do veterano Sebastien Buemi. A campanha dele foi idêntica à do suíço, sem nenhum deles conseguir desafiar os líderes, e o melhor resultado de Guenther foi um oitavo lugar em Londres para um 19° no geral.

Ainda uma promessa do grid, Guenther foi contratado pela Maserati MSG Racing para a temporada 9 por suas habilidades. Com a equipe atrás da vice-campeã Venturi, na estreia da montadora italiana na Fórmula E, essa combinação pode se mostrar bem promissora