Edoardo Mortara | Formula E

Junte-se à Fórmula E

Entre ou crie sua conta Fórmula E

É rápido, fácil e grátis para se inscrever

Você terá acesso a:

  • Helmet

    Notícias. Análise. Recursos exclusivos

  • Schedule

    Reserva Prioritária. Preços antecipados

  • Trophy

    Competições. Descontos. Experiências

  • Podium

    Prever. Voto. Ganhar

CH
Nyck
De Vries
Colega de equipa
Switzerland
Edoardo
Mortara
Mahindra Racing
  • Data de nascimento
    12/01/1987 (37)
  • Local de nascimento
    Geneve
  • Corrida de estreia
    2017 Hong Kong E-Prix

SEASON 2023-2024 Estatísticas

  • Classificação
    16th
  • Vitórias
  • Pódios
48

Na temporada 9, ele integra a recém-batizada família Maserati, no retorno ao esporte a motor da marca após um hiato de mais de seis décadas. É muito peso sobre os ombros de qualquer piloto, mas Mortara mostra ser capaz de suportar a panela de pressão que é a Fórmula E.

Nascido em Genebra em 1987, o piloto suíço deu seus primeiros passos nos fórmulas em 2006, começando pela Fórmula Renault, antes de chegar à Formula Three Euroseries. Como ex-campeão da categoria, Mortara foi um dos dois pilotos a vencer o prestigioso Grande Prêmio de Macau duas vezes, tendo conseguido vitórias seguidas em 2009 e 2010.

Chegando ao campeonato alemão de DTM em 2011, Mortara disputou a categoria até sua estreia pela equipe Venturi Formula E antes da temporada 2017/18. Depois de um começo promissor na temporada, quando ele terminou em segundo em Hong Kong apenas em sua segunda corrida de Fórmula, o piloto suíço ficou para trás, terminando a temporada em 13° lugar.

Permanecendo em uma segunda temporada na equipe monegasca, Mortara formou dupla de equipe com o experiente piloto Felipe Massa e a nova chefe de equipe, Susie Wolff, na temporada 2018/19. Juntos, a dupla terminou a temporada em 14° (Mortara) e 15° (Massa), com a equipe em oitavo no geral.

Em sua terceira temporada na categoria, Mortara fez, mais uma vez, dupla com Massa. Agora com a Venturi apoiada pela Mercedes-Benz EQ, Mortara assumiu o desafio de representar a equipe da fábrica em 2019/20. O piloto suíço conseguiu terminar algumas provas com consistência entre os dez primeiros na temporada passada, marcando pontos em sete das 11 etapas.

Mortara terminou em segundo na classificação de pilotos em sua quarta temporada pela Venturi, perdendo por pouco, no final, e de maneira dramática no circuito do aeroporto de Tempelhof em Berlim.

Veio uma vitória em Puebla com pódios em Diriyah e Berlim, com o suíço-italiano ficando a apenas sete pontos daquele que acabou se sagrando campeão mundial, Nyck de Vries (Mercedes-EQ) – houve aquela ultrapassagem em Diriyah também.

Mortara permaneceu na ROKiT Venturi Racing com o novo companheiro de equipe, Lucas di Grassi, na temporada 8, o canto do cisne do Gen2. O suíço-franco-italiano estava tentando melhorar no final do Gen2, mas, apesar das quatro vitórias, ele perdeu por pouco para o piloto da fábrica Mercedes-EQ, Stoffel Vandoorne. Porém, Mortara se mostrou, mais uma vez, ser um dos mais rápidos em qualquer dia de corrida e estará de volta para mais na temporada 9.